Projeto girassol em Fortaleza

Promovendo a saúde mental dos trabalhadores da Base Administrativa do Ceará

 

A atenção ao lado psicológico das pessoas, especialmente neste atual cenário de pandemia global, tem tido grande espaço nas ações desempenhadas por todas as nossas unidades.

E pensando nisso, um time de psicólogas juntamente com outros profissionais da base de Fortaleza, promoveram uma ação muito especial para incentivar a conduta da gratidão intrínseca no dia a dia.

Através de uma roda de conversa descontraída com duração de 1 hora, que ocorreu nos dias 01 e 02 de Julho, todos os colaboradores da Base Administrativa SPDM participaram.

 

tenda

  

 O objetivo da ação era sensibilizar a equipe de colaboradores sobre a importância da gratidão e seus efeitos positivos para a vida, além de abrir um canal de escuta entre os profissionais, integrando a equipe e enfatizando a importância do cuidado com a saúde mental no ambiente de trabalho.


Inicialmente, todos foram convidados a relaxar e respirar conscientemente, alongando os músculos para se conectar ao momento presente. Em seguida, as psicólogas iniciaram um diálogo sobre a importância de ser grato no cotidiano e como isso poderia ser benéfico para o auto desenvolvimento pessoal e profissional. Os colaboradores que se sentiam à vontade, expressaram suas opiniões e sentimentos sobre o assunto.

 

alonga

 

 

pe

 

Em seguida, foram distribuídos papéis coloridos, onde todos foram estimulados a escrever os motivos pelos quais eram gratos, trazendo assim, uma atmosfera de sorrisos e bem estar. Posteriormente, esses registros deram vida ao “Mural da Gratidão” onde todos os papéis foram fixados em um cartaz de papel madeira que está exposto na Unidade para leitura diária.

 

bombom

 

Incentivando ainda mais esse nobre sentimento, também foi entregue a cada participante uma folha em branco, solicitando que escrevessem uma carta manuscrita para uma pessoa querida relatando os motivos por sentirem profunda gratidão, deixando as emoções transbordarem positivamente.

“Para o encerramento da atividade, foi entregue uma caixa denominada “Caixinha da Gratidão”, onde solicitamos a realização de um exercício diário em casa. Pedimos a todos os presentes que depositassem dentro da caixa um motivo pelo qual se sentiu grato naquele dia e a ideia é abrir a Caixinha da Gratidão ao final do mês para leitura.

Ficamos bem satisfeitos com a interação e comprometimento da equipe” disse Eumara Ricarte, Analista de desenvolvimento da SPDM Fortaleza.

 

projeto

 

Fechando com chave de ouro, um coffee break foi servido para estimular ainda mais a integração das pessoas.

Eumara, comemora os resultados da ação: “Com a criação desse espaço de escuta coletiva, obtivemos uma resposta bastante positiva através da comunicação verbal e não verbal, onde notamos o quanto essa roda de conversa proporcionou uma maior interação e notáveis benefícios para a saúde mental das pessoas.”