Nova Gestão

Membros do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital NSC tomam posse

nova gestao

Capacitação sobre NSP para os novos membros

 

 

O Hospital Distrital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Fortaleza, empossou os membros da nova gestão do Núcleo de Segurança do Paciente. Tendo sua implementação obrigatória pela Portaria 529/2013, e a RDC 36/2013, o Núcleo é responsável pela elaboração e implantação de protocolos e fluxos voltados para a redução máxima de riscos de acidentes, desde a admissão do paciente até a transferência, alta ou óbito.

“Na busca por prestar sempre a melhor assistência ao paciente, o Núcleo de Segurança do Paciente se faz de extrema importância. Ele é a instância dentro do serviço de saúde criada para promover e apoiar a implementação de ações voltadas à segurança do paciente.  Busca-se uma assistência livre de danos e dentro dos padrões de qualidade exigidos para os fins a que se propõem”, afirma Gisele Nogueira, Enfermeira do SAE do HNSC.

Na ocasião da posse dos novos integrantes, foi realizada uma capacitação ressaltando os objetivos do Núcleo, indicadores de eficiência e eficácia, e os protocolos oficiais que o compõem. As seis metas de segurança do paciente implementadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) também foram reforçadas durante o treinamento:

 

1 - Identificar corretamente o paciente;

2 - Melhorar a comunicação entre profissionais de saúde;

3 - Melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos;

4 - Assegurar cirurgia em local de intervenção, procedimento e pacientes corretos;

5 - Higienizar as mãos para evitar infecções;

6 - Reduzir o risco de quedas e úlceras por pressão.

 

Tendo em vista estas metas, caberá ao NSP desenvolver e implementar estratégias e ações que garantam e disseminem a cultura de segurança do paciente em todo o Hospital. Uma das características do NSP é a sua composição: os membros devem ser de diferentes áreas, a fim de garantir a integração dos setores no que diz respeito ao compromisso de promover a prevenção, o controle e a mitigação de incidentes envolvendo os pacientes.

“A incorporação de distintas categorias profissionais garante que todos os setores estarão comprometidos e cientes das competências que envolvem ações de segurança do paciente, unificando todos em torno de um só objetivo”, Flaviane Rocha, Assistente Social do HNSC.

 

Segundo o Ministério da Saúde, cabe ao NSP considerar o paciente como sujeito e objeto final do cuidado em saúde, garantindo sua segurança independente do processo de cuidado a que ele está submetido.

 

“O Núcleo de Segurança do Paciente é o coração de uma unidade hospitalar, a partir de suas ações podemos assegurar a redução de riscos e danos aos quais os pacientes podem ser submetidos. O Núcleo é uma ferramenta que materializa a educação em saúde, nos preparando e capacitando enquanto profissionais de saúde, a fim de que possamos realizar nossas práticas com a devida segurança”, afirma a Assistente Social Flaviane Rocha.

 

O Hospital Distrital Nossa Senhora da Conceição é uma unidade da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza gerenciada em parceria com a SPDM/PAIS, organização social de saúde.

 

 



 

O Hospital Distrital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), em Fortaleza, empossou os membros da nova gestão do Núcleo de Segurança do Paciente. Tendo sua implementação obrigatória pela Portaria 529/2013, e a RDC 36/2013, o Núcleo é responsável pela elaboração e implantação de protocolos e fluxos voltados para a redução máxima de riscos de acidentes, desde a admissão do paciente até a transferência, alta ou óbito.

“Na busca por prestar sempre a melhor assistência ao paciente, o Núcleo de Segurança do Paciente se faz de extrema importância. Ele é a instância dentro do serviço de saúde criada para promover e apoiar a implementação de ações voltadas à segurança do paciente.  Busca-se uma assistência livre de danos e dentro dos padrões de qualidade exigidos para os fins a que se propõem”, afirma Gisele Nogueira, Enfermeira do SAE do HNSC.

Na ocasião da posse dos novos integrantes, foi realizada uma capacitação ressaltando os objetivos do Núcleo, indicadores de eficiência e eficácia, e os protocolos oficiais que o compõem. As seis metas de segurança do paciente implementadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) também foram reforçadas durante o treinamento:

 

1 - Identificar corretamente o paciente;

2 - Melhorar a comunicação entre profissionais de saúde;

3 - Melhorar a segurança na prescrição, no uso e na administração de medicamentos;

4 - Assegurar cirurgia em local de intervenção, procedimento e pacientes corretos;

5 - Higienizar as mãos para evitar infecções;

6 - Reduzir o risco de quedas e úlceras por pressão.

 

Tendo em vista estas metas, caberá ao NSP desenvolver e implementar estratégias e ações que garantam e disseminem a cultura de segurança do paciente em todo o Hospital. Uma das características do NSP é a sua composição: os membros devem ser de diferentes áreas, a fim de garantir a integração dos setores no que diz respeito ao compromisso de promover a prevenção, o controle e a mitigação de incidentes envolvendo os pacientes.

“A incorporação de distintas categorias profissionais garante que todos os setores estarão comprometidos e cientes das competências que envolvem ações de segurança do paciente, unificando todos em torno de um só objetivo”, Flaviane Rocha, Assistente Social do HNSC.

 

Segundo o Ministério da Saúde, cabe ao NSP considerar o paciente como sujeito e objeto final do cuidado em saúde, garantindo sua segurança independente do processo de cuidado a que ele está submetido.

 

“O Núcleo de Segurança do Paciente é o coração de uma unidade hospitalar, a partir de suas ações podemos assegurar a redução de riscos e danos aos quais os pacientes podem ser submetidos. O Núcleo é uma ferramenta que materializa a educação em saúde, nos preparando e capacitando enquanto profissionais de saúde, a fim de que possamos realizar nossas práticas com a devida segurança”, afirma a Assistente Social Flaviane Rocha.

 

O Hospital Distrital Nossa Senhora da Conceição é uma unidade da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza gerenciada em parceria com a SPDM/PAIS, organização social de saúde.