Proteção extra

UBS Vila Campestre confecciona máscaras artesanais
 
masc
 
Máscaras de acetato produzidas pela equipe
 
 
A Unidade Básica de Saúde Vila Campestre, em São Paulo, lançou mão da criatividade para garantir uma proteção a mais no que diz respeito à prevenção ao novo Coronavírus. A UBS adquiriu folhas de acetato e tiaras para a confecção manual de máscaras de proteção.
 
O material utilizado para a produção do Equipamento de Proteção Individual, além de barato, é fácil de ser higienizado com água e sabão e, então, reutilizado. No entanto, vale ressaltar que se trata de uma proteção adicional, que não substitui o uso da máscara cirúrgica. “O uso dessa máscara de acetato não exclui a necessidade do uso permanente dos EPIs oficiais”, pontua Cleunice de Souza, Gerente da UBS.

Nós nos sentimos muito felizes e úteis colaborando com a biossegurança de todos os profissionais da unidade em tempos de pandemia. Enfrentar um inimigo invisível não é fácil, mas, mesmo na adversidade podemos encontrar sentimentos positivos. Nós, da odonto, decidimos contribuir de alguma forma para o bem de todos. E isso refletiu de forma muito positiva, pois despertou em todos os profissionais da UBS mais união e, em nós, mais do que isso: despertou também sentimentos de gratidão, motivação, companheirismo solidariedade e empatia”, declara Ana Carolina Cervelin, Dentista.

As setenta máscaras confeccionadas pela equipe foram distribuídas a todos os funcionários da UBS. “Uma medida simples, mas, nos dias de hoje, é uma proteção a mais aos profissionais da saúde que estão expostos nesse momento (de pandemia mundial)”, conclui Cleunice.
 
confeccao   eq
 
     Confecção das máscaras                                                                                                            Equipe exibe as máscaras produzidas
 
A UBS Vila Campestre é uma Unidade da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM/PAIS, organização social de saúde