O SUS para as nações

UBS Belenzinho promove evento de valorização do imigrante
 
bolivia
 
Mesa representando a Bolívia
 
 
A região do Belenzinho, em São Paulo, é bastante conhecida por imigrantes de diferentes nacionalidades, que escolheram – ou foram forçados, por conta da situação dos países de origem - o bairro para moradia e/ou trabalho.

Diante desse cenário, a equipe da UBS Belenzinho está habituada a atender usuários de diversas regiões do mundo, acolhendo-os respeitando diferenças de idioma e culturais. Para valorizar essas diferenças e reforçar a mensagem de que o SUS é para todos, inclusive para quem não nasceu no Brasil, surgiu a ideia da Festa das Nações – que irá para a terceira edição em 2020.

A II Festa das Nações aconteceu em um sábado, quando a UBS foi aberta aos usuários quase que irreconhecível. Cores, aromas, sabores e músicas típicas tomaram conta da Unidade com dez pontos representando a Itália, China, Arábia, Bolívia, Portugal, Estados Unidos, México, Ásia e Egito. O Brasil também foi devidamente representado, a fim de apresentar oficialmente a cultura e comida do País aos estrangeiros atendidos pelo serviço.

“O objetivo principal da festa das nações foi promover o acesso avançado aos imigrantes, criação de vínculo e conhecimento das mais diferentes crenças e costumes. Além disso, foram ofertadas consultas médica e de enfermagem, coleta de papanicolau, realização de teste rápidos, atualização do calendário vacinal e busca ativa de sintomáticos respiratórios “, declara Cibele Marchezini, Gerente da UBS Belenzinho.

As pessoas presentes foram surpreendidas com apresentação de coral e de dança, exposições sobre os países, os respectivos costumes e vestimentas, e degustação de comidas típicas. Ao mesmo tempo em que as atrações festivas aconteciam, os profissionais da UBS garantiam atendimento médico e de enfermagem, vacinação e a realização de exames preventivos para homens e mulheres.

Para promover a saúde física e mental, também foram realizadas sessões de Lian Gong, Meditação e Musicoterapia. Trata-se de Práticas Integrativas e Complementares (PICS), tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão. Vinte e nove procedimentos de PICS são ofertados pelo SUS para a população, gratuitamente.

Cerca de mil pessoas participaram da II Festa das Nações, preparada integralmente pela equipe para garantir a ampliação do acesso dos imigrantes aos serviços de saúde, garantindo os princípios de equidade, universalidade e participação social do SUS.

“A repercussão da festa deu-se através dos elogios dos munícipes aos profissionais que realizaram a ação em saúde na UBS”, afirma a Gerente Cibele.

A UBS Belenzinho é uma unidade da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM/PAIS, organização social de saúde.
 
 
Confira alguns registros do evento:
 
Fotos Festa das Nações cópia