Autismo: Diga não ao preconceito

CAPS IJ Sapopemba realizou semana temática para promover conhecimento e informação
 
 
capsijsapo1
 
 
Caminhada de combate ao preconceito
 
 
Caminhada, palestras, roda de Conversa com pais de usuários, serviços da Rede de Proteção de Sapopemba e passeio a parque fizeram parte da programação promovida pelo CAPS InfantoJuvenil Sapopemba,  durante a semana temática em comemoração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo (02/04).

O evento teve início com uma caminhada, seguida de dança circular, promovendo a integração entre pais e filhos. O segundo dia contou com a palestra “Conversando sobre o autismo”, ministrada pela Psicopedagoga Mara Romualdo e pela Fonoaudióloga Aline Mattar.

As profissionais ressaltaram o fato de cada pessoa autista ser única, e de que existem diferentes níveis de autismo por isso não existe apenas um tratamento específico, mas sim um conjunto de ações a serem consideradas de acordo com cada caso.

Além das informações passadas, que tiveram como base o DSM-V (guia de classificação diagnóstica), houve também o fornecimento de dicas para desenvolver e facilitar a comunicação e estimulação da pessoa autista. A utilização de imagens que representem objetos, alimentos, bebidas e determinadas atividades de vida diárias (AVDs), além do brincar, foram algumas das orientações passadas. 
 
 
caps02
 
 
Psicopedagoga Mara Romualdo fala aos presentes durante palestra “Conversando sobre o autismo”
 
 

Uma roda de conversa com Eliana Boralli, Superintendente da Associação dos Amigos da Criança Autista (AUMA) foi atividade do terceiro dia do evento, quando a profissional esclareceu dúvidas dos presentes e compartilhou um pouco da própria história, já que é mãe de uma menina autista. Na ocasião, Eliana falou ainda sobre a criação da AUMA.

 

 caps31

Piquenique comunitário

 

Para encerrar a programação, a equipe do CAPSIJ promoveu um encontro em um parque da região, com direito a piquenique ao ar livre com os usuários e os pais, e brincadeiras dirigidas e livres, encerrando o dia com dança circular com a participação das demais crianças presentes no local. O objetivo foi promover, na prática, a inclusão dos usuários com outras crianças, fortalecer vínculo entre pais e filhos, e observar como ocorre a interação e comunicação fora dos muros da unidade.

“A intenção é que eles façam a interação com outras crianças, com os pais e com o ambiente, proporcionando um momento lúdico que foge à rotina deles e acaba proporcionando bem-estar, tanto para eles quanto para a família”, pontua Maria Gabriela Raimundo, Auxiliar Técnica.

 

Houve ainda, no mesmo parque, uma caminhada em prol do combate ao preconceito que ainda existe em torno da pessoa ou criança com T.E.A.

“Nós ficamos muito felizes de estarmos realmente favorecendo a inclusão social, a inserção (dos usuários) num espaço público”, complementa a Psicopedagoga Mara.

O CAPS InfantoJuvenil II Sapopemba é uma unidade da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM/PAIS, organização social de saúde.

 

 

caps4

Interação e diversão em parque da região