Dois anos de PAI Perus

Serviço comemorou aniversário com dança, palestra e teatro
 
 
pai perus
 
 Painel decorativo aborda envelhecimento de maneira descontraída 
 
 
O Programa Acompanhante de Idosos (PAI) Perus celebrou seus dois anos com uma grande confraternização no CEU Perus, em São Paulo. A comemoração contou com diversa programação artística, promovendo momentos de lazer, descontração, estreitamento de vínculo e integração social.

As atrações musicais ficaram por conta de apresentações de coral composto de usuários do serviço, que entoaram as canções Jesus Cristo, de Roberto Carlos, e Debaixo dos Caracóis dos seus Cabelos, de Caetano Veloso, entre outras canções.

Além disso, foi realizada uma encenação teatral sobre a relação dos familiares com os parentes idosos. O objetivo foi promover uma reflexão sobre a desvalorização e rejeição que os maiores de sessenta anos sofrem em muitos casos. 
 
 
teatro
 
 Encenação teatral 
 
 
A consciência corporal aliada à atividade física também esteve presente no aniversário do PAI Perus, por meio de apresentações de dança circular e capoterapia com integrantes do Centro de Convivência e Cooperativa (CECCO) Perus e da UBS Caiúba, e de dança cigana, também com integrantes do CECCO e da UBS Recanto dos Humildes.

A Especialista em Gerontologia Marília Berzins teve uma participação especial na ocasião, quando ministrou uma palestra sobre isolamento social e autonegligência. Berzins alertou sobre a diferença entre o isolamento e a opção de viver sozinho, e reforçou que é importante saber reconhecer quando a companhia e o cuidado de alguém já não são mais opcionais, mas necessidade. 
 
 
pai peru22
 
Dra. Marília Berzins aborda isolamento social durante palestra
 
 
A homenagem continuou com a exibição de uma retrospectiva de fotos dos profissionais e usuários do PAI Perus durante atividades realizadas ao longo do ano, e a equipe emocionou os idosos presentes entoando a canção É preciso saber viver, da banda Titãs.

O evento foi encerrado com a entrega de flores artificiais artesanais, o que foi feito por crianças convidadas, simbolizando o encontro de gerações, e do passado, presente e futuro.

A Gerente do PAI Perus, Renata Antunes de Barros fez questão de agradecer a presença de todos e concluiu abordando a importância de olhar para o público idoso com o cuidado e carinho que ele merece. “Que nosso olhar fique mais apurado para o idoso. Envelhecer não é um peso, é uma dádiva”, declarou. 
 
 
coral
 
 Equipe do PAI Perus canta em homenagem aos idosos
 
 
Cerca de 160pessoas participaram do evento promovido pelo PAI Perus, serviço da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo gerenciado em parceria com a SPDM/PAIS, organização social de saúde