22° Fórum Municipal de Saúde Mental Infantojuvenil

Perus recebe evento e debate sobre Saúde do Trabalhador e Saúde Mental

CAPS Infantojuvenil II
 
Profissionais do CAPS reunido ao lado da exposição de arte dos pequenos
 
Os anfitriões organizaram e criaram uma programação especial para o 22º fórum dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPSs) Infantojuvenil do Município de São Paulo. Desde a entrada até o fim do encontro seus participantes puderam vivenciar momentos únicos de reflexão e criatividade.

No primeiro contato, quando os participantes chegavam à entrada da unidade, eles eram convidados a escrever um depoimento abordando o tema do encontro, esse mais tarde, serviria de estímulo para abertura da roda de conversa.

No longo corredor lateral, após a entrada, os participantes, como em uma obra de arte contemporânea, puderam vivenciar uma instalação/espaço onde eles eram encorajados a passarem por uma trama de elásticos cruzados, uma brincadeira lúdica que desloca a pessoa e remete a sua infância.

Ainda nesse espaço, reforçando o conceito de criatividade e arte, os convidados puderam observar muitas cores, tintas e artesanatos desenvolvidos pelos pequenos usuários da unidade de saúde. As paredes, o chão e a escada estavam cuidadosamente respingados de tinta, dando a sensação de estar dentro de uma pintura.

“Em nossa unidade a arte, a criatividade e a dinâmica das pessoas com esses estímulos são muito valorizados, e nesse fórum queríamos proporcionar essa nossa vivência aos participantes e colegas de outras unidades, envolvendo todos em arte”, declara Thamara Tozetto Alves de Souza, Gerente do CAPS InfantoJuvenil II Perus.

Após esse primeiro momento, as pessoas puderam saborear um café da manhã comunitário e, na sequência, todos se acomodaram para iniciar as atividades. Na abertura, os convidados entoaram canções como O Leãozinho de Caetano Veloso e outras canções, no momento seguinte, os participantes leram os depoimentos que estavam anônimos.

Dessa forma, as declarações lidas foram usadas para introduzir o debate do 22º Fórum que contou com profissionais de todas as áreas da saúde mental e de diversas regiões de São Paulo. Muitas questões foram levantadas pelo grupo ao longo das três horas de diálogos, essas foram debatidas e anotadas.

Para encerrar o fórum, os profissionais Auxiliares Técnicos do CAPSIJ de Perus, apresentaram a Hora do Conto, os membros convidaram cinco pessoas do público para ajudar a contar uma divertida história improvisada de uma menina com capuz vermelho e seus desafios até a casa da vovozinha, no caminho apareceram personagens como rei, cavaleiro, dragão, lobo e entre outros.

O 23º Fórum será no CAPS Infantojuvenil Vila Maria, as questões que ficaram em aberto serão tratadas nesse próximo encontro, dessa forma mensalmente, a partir de um cronograma anual, profissionais da saúde mental trocam experiências em debates que almejam melhorias do serviço no estado de São Paulo.

CAPSIJ de Perus é uma unidade da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo gerenciada em parceria com a SPDM/PAIS, organização social de saúde.
 
 
Botão Suport