SUSDance 2018

Concurso de dança em Perus chega a 4ª edição

SUSDance 2018 F1
 
Grupo da Escola Municipal de Ensino Fundamental Jairo de Almeida levou o primeiro lugar
 
A união entre as Unidades Básicas de Saúde Caiuba, Perus, Recanto dos Humildes, Rosinha, Morada do Sol, Morro Doce, Escolas Municipais, Estaduais e comerciantes da região de Perus culminou em mais um grande evento, com cerca de 1.100 pessoas que compareceram para assistir ao concurso de dança amadora interescolas.

O projeto SUSDance nasceu em 2015 com o intuito de aproximar a população - especialmente os jovens - das UBS, visando a promoção da saúde e a mudança de indicadores sociais, uma vez que a região é marcada por altos índices de vulnerabilidade, atingindo de forma significativa os adolescentes.

Para atingir o público-alvo desejado, a estratégia foi aliar-se a instituições municipais de ensino do entorno convidando os estudantes a participarem da competição. Os jovens ficam responsáveis por montar os grupos, escolher as respectivas música e montar as coreografias.

Uma vez ganha a atenção dos alunos, a UBS passa a ser vista com outros olhos, e tem as portas abertas para realizar palestras de temas diversos relacionados à realidade dos adolescentes, como o uso de drogas, a autoestima e os planos para o futuro – tudo abordado de forma leve e descontraída, sem perder de vista a seriedade dos assuntos em questão.
 
SUSDance 2018 F2
 
Grupo profissional Unity Warriors um dos apoiadores do SUSdance, durante apresentação de abertura do concurso
 
 
A edição de 2018 aconteceu na Praça do Samba, e contou com a apresentação de doze grupos, tendo sido premiadas as três melhores apresentações de acordo com o júri. Os onze alunos da Escola Estadual Parque Anhanguera arremataram o primeiro lugar e ganharam caixas de som, headfones, 30% de desconto em curso de inglês na CNA e um curso profissionalizante da Escola Prepara.

O segundo lugar ficou para a Escola Municipal de Ensino Fundamental Jairo de Almeida - com 5 alunos que ganharam tablet, camisetas da SUMEMO e estojos. O grupo de três alunos da Escola Estadual Professor Gavião Peixoto ficou em terceiro lugar e ganhou camisetas, headfones e estojos. As instituições também ganharam troféus.
 
SUSDance 2018 F3
 
Vencedores do segundo e terceiro lugares posam com troféus e responsáveis pelo SUSDance
 
 
E o SUSDance não para. Após as férias de julho, começará a etapa das palestras, que serão realizadas em todas as escolas participantes, dando continuidade ao Projeto, que tem tudo para continuar sendo um sucesso transformando o presente daqueles que são o futuro do país.
 
SUSDance 2018 F4
 
Público atento às apresentações
 
 
“Acredito que o Susdance tem marcado a vida dos jovens de Perus, levando esperança e oportunidades de caminhos que eles nem sabem que existem. As palestras chegam na tentativa de abrir a mente para uma nova forma de pensar e agir. A dança permite que muitos se expressem, mudando paradigmas nas escolas e nas famílias e mostrando talentos e incentivando os jovens a procurarem referências positivas para seguir. Num bairro esquecido por muitos, onde as referências de sucesso são pouquíssimas e com um dos piores indicadores de saúde, o Susdance vem trazendo a proposta da mudança através de um projeto de vida que visa um futuro melhor com saúde e alegria aos jovens de Perus”, conclui Nara Palatini Luccas, Gerente da UBS Caiúba.

O SUSDANCE Perus é uma realização conjunta das Unidades Básicas de Saúde de Perus; da SPDM/PAIS, organização social de saúde; da Supervisão Técnica de Saúde Pirituba/Perus; e da Diretoria Regional de Ensino Lapa/Perus, em parceria com escolas da região e com o apoio da Coordenadoria de Saúde Norte e da Subprefeitura de Perus.