Para salvar vidas

AMA Hospitalar Alexandre Zaio incentiva doação de sangue

AMA AlexandreZaio 1
 
A Assistência Médica Ambulatorial (AMA) Hospitalar Dr. Alexandre Zaio comemorou o mês de junho, quando acontece o Dia Mundial de Doador de Sangue (14/06) com orientações aos usuários.

Foram expostos cartazes sobre a importância de doar sangue, atitude que pode salvar até quatro vidas. Segundo a Fundação Pró-Sangue (FPS), para ser um doador há alguns requisitos básicos, conforme abaixo:

- Estar em boas condições de saúde.

- Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos

- Pesar no mínimo 50kg

- Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas)

- Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação)

- Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

Quanto ao intervalo entre as doações, para as mulheres são 90 dias e para os homens, 60.

“Abordamos o tema com o intuito de sensibilizar e mostrar a importância sobre o processo da doação de sangue, tanto para o indivíduo quanto para a sociedade, e que por muitas vezes por falta de informações colabora com o desinteresse de pessoas que poderiam se tornar doadoras”, afirma Michelle de Almeida, Gerente da AMA Hospitalar Dr. Alexandre Zaio.

Vale sempre ressaltar que, além de salvar vidas, o ato de doar sangue contribui para a saúde do próprio indivíduo que o pratica, diminuindo o risco de câncer, reduzindo o risco de doenças cardíacas e o principal: a satisfação de salvar vidas.

Doar sangue é um gesto legítimo de amor universal.

Para mais informações, acesse:  http://www.prosangue.sp.gov.br