Cor, beleza e empoderamento

Projeto Mauro Viva revitaliza fachadas de comunidade da região da Vila Mariana


Projeto Mauro Viva 1
 
Fachadas revitalizadas após intervenção. Idem Velle Fotografia
 
 
A Comunidade da (rua) Mauro está localizada entre o bairro Planalto Paulista e a Avenida Jabaquara, movimentada região da capital paulistana. Atualmente, abriga mais de 2 mil famílias, que migraram para o local a partir de uma concessão de terreno realizada a uma única família, há cerca de 50 anos.

Junto com o crescimento sem planejamento surgiram diversos problemas, entre eles a marginalização dos moradores, vítimas do preconceito e dos olhares tortos da sociedade e da população que os cerca. Com o intuito de transformar este cenário, surge o Projeto Mauro Viva, idealizado por um estudante de pós-graduação em arquitetura e artistas locais  voltado para a revitalização de fachadas da Comunidade, cujas casas eram, em sua maioria, de tijolos e alvenaria.

O objetivo do Projeto vai além de simplesmente embelezar a área com cores: trata-se de valorizar as pessoas que ali residem, de promover o sentimento de pertencimento e de orgulho. Para isso, os próprios moradores foram convidados a aderir à iniciativa, que contou com a parceria da Unidade Básica de Saúde Milton Santos, por meio do Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS).
 
 
Projeto Mauro Viva 2
 
 
A divulgação do Mauro Viva foi realizada estrategicamente durante encontros no Beco da Cultura – espaço dentro da Comunidade que é utilizado por moradores para a realização de eventos com direito a teatro, música e arte urbana. Ações pontuais de cunho cultural complementaram a programação com oficinas, fóruns e discussões - sempre convidando a população local para a tomada de decisões e, consequentemente, o empoderamento

A adesão da população, unida aos idealizadores e parceiros, impactou não somente a mão de obra das revitalizações, que ocorreram por meio de mutirões, mas também a conquista de doações de materiais (cimento, cal, areia e parte das tintas) por empresas privadas, e a aquisição do restante das tintas e demais materiais (pinceis, andaimes, rolos e caixa de pintura) por meio de financiamento coletivo
 
 
Projeto Mauro Viva 3
 
 
Depois de muito trabalho, o resultado gratificante: a transformação do ambiente urbano, o que vai além das fachadas revitalizadas e com aparência de um grande quadro artístico. A geração e o resgate do sentimento de pertencimento, a promoção do convívio no espaço urbano, a união dos moradores e o resgate e fortalecimento de identidade são os verdadeiros benefícios que surgem com o Mauro Viva.

Inicialmente foram contempladas cerca de 20 casas, cujas fachadas são voltadas para a Alameda Tupinás, As demais casas e o Beco da Cultura estão em fase de planejamento.

“A importância desse projeto para a população é que ela começa a interagir e a somar, não adianta as pessoas chegarem sozinhas. Cada um chega com seu estilo e seu talento por um único objetivo. O processo de mutirão faz com que as pessoas parem de ser somente sonhadoras e se tornem produtoras daquele sonho”, afirma Vanessa Peterka, Gestora Ambiental. 
 

Depois de muito trabalho, o resultado gratificante: a transformação do ambiente urbano, o que vai além das fachadas revitalizadas e com aparência de um grande quadro artístico. A geração e o resgate do sentimento de pertencimento, a promoção do convívio no espaço urbano, a união dos moradores e o resgate e fortalecimento de identidade são os verdadeiros benefícios que surgem com o Mauro Viva.

Inicialmente foram contempladas cerca de 20 casas, cujas fachadas são voltadas para a Alameda Tupinás, As demais casas e o Beco da Cultura estão em fase de planejamento.

“A importância desse projeto para a população é que ela começa a interagir e a somar, não adianta as pessoas chegarem sozinhas. Cada um chega com seu estilo e seu talento por um único objetivo. O processo de mutirão faz com que as pessoas parem de ser somente sonhadoras e se tornem produtoras daquele sonho”, afirma Vanessa Peterka, Gestora Ambiental.