Coleta seletiva na UBS/AMA Especialidades Jardim Guairacá

Unidade implanta procedimento para reaproveitar materiais
 
 
coleta1
 Comissão de sustentabilidade implantando as pastas para descarte de papel para reciclagem nos consultórios médicos
 
 
Reciclar, reaproveitar e reutilizar – os 3 Rs que todos deveríamos adotar em nosso dia a dia. Na UBS/AMA especialidades Jardim Guairacá, isso já é uma realidade. A Comissão de Sustentabilidade do serviço implantou a coleta seletiva na unidade, que agora conta com dois contêineres de mil litros cada, para o armazenamento de resíduos recicláveis.

 A coleta dos materiais foi alinhada com a Ecourbis, concessionária responsável pelo serviço na zona leste do Município de São Paulo, e ocorre semanalmente. A empresa também foi parceira da UBS/AMA por meio da realização de palestras informativas ministradas aos profissionais.

“Fiquei muito feliz de finalmente implantarmos a coleta seletiva na nossa unidade. Como profissionais da saúde temos o dever de estimular os cuidados com meio ambiente e atividades sustentáveis”, pontua Fernanda Caldeira de Oliveira, Enfermeira.

Além disso, para facilitar e incentivar a adesão do descarte correto dos resíduos por parte das equipes, foram disponibilizadas em cada consultório caixas identificadas para o descarte exclusivo de papeis que serão encaminhados para a reciclagem.
 
Decoração criativa
 
 
colerta2
    Oficina criativa de guirlanda natalina                                                                        Guirlandas feitas com rolo de papel higiênico
 
 
Em dezembro de 2017, os profissionais aprenderam a fazer guirlandas natalinas com rolo de papel higiênico, de papel toalha e papel da maca vazios, reforçando a questão da reutilização e proporcionando enfeites para as portas das salas da Unidade.

“Achei uma atividade muito legal porque chamou atenção para materiais que jogamos fora sem perceber o quanto podemos reaproveitar e tornar em algo tão bonito- e o melhor, não gastou quase nada, pois cada um trouxe o que tinha para fazer os enfeites de Natal”, conclui Francisca Josefa de Jesus da Silva, Agente de Promoção Ambiental.